2 de set de 2010

Comer bem em Ushuaia

Um dos pontos altos de Ushuaia é que se come muito bem e barato (ao menos para os padrões paulistanos ...). Apesar do cordeiro ser uma das especialidades locais, não chegamos a prová-lo. Passamos os dias esquiando e o almoço, na montanha, consistia em lanches gostosos e rápidos. Não havia tempo a perder!!! Restava-nos o jantar. Entre os fantásticos peixes e frutos do mar e o cordeiro e a parrilla, optavamos pelos primeiros, já que mais leves.

A centolla era a estrela do cardápio, seguida de perto pela truta ao roquefort. Isso no cadápio do meu filho de 11 anos ... O meu já era mais eclético e incluia também camarões, polvo, mexilhões e quaisquer outros frutos do mar.

Elegemos dois restaurantes como nossos preferidos, o Tante Nina e o Volver (Av. Maipú 37). Ficamos bem frustrados por não termos conhecido o Tia Elvira, que estava fechado em férias (???? no meio da alta temporada???? oh well ...).

O Tante Nina é um restaurante "arrumadinho" numa esquina em frente ao Canal de Beagle. Ótima comida, bom serviço e linda vista. Aqui André comeu três vezes a truta ao roquefort, realmente, a melhor do gênero que já comi. Eu também experimentei a truta al limone e uma panelinha de frutos do mar e claro, comemos a centolla ao natural. Tudo muito bom. Vejam as fotos.


O Volver é um daqueles restaurantes com atmosfera rústica, cheios de antiguidades e recordações. Um caos agradável. Haviam inúmeras camisetas de rugby, o que despertou o interesse do André, que acabou por explorar cada canto do restaurante. Escolhemos este restaurante para jantar na noite de meu aniversário 4.0. Começamos com uma centolla ao natural. Como prato principal, André comeu outra centolla ao natural e eu, um polvo do Canal de Beagle a lagareiro. Muito tenro e saboroso. Tomei duas taças de champanhe e conta saiu mais barata do que gastaria para comer pratos semelhantes sozinha em qualquer restaurante de São Paulo. Voltamos mais uma vez e André comeu uma centolla gratinada com molho branco e eu uma paella. Mais uma vez, delícia!






Share/Save/Bookmark

2 comentários:

  1. Oi Renata,
    Você sempre arrumando lugares incríveis lá no "fim do mundo"! Esta truta devia estar mesmo uma delícia! E aquela foto do Tante de Nina bem que poderia virar um cartão postal, hein!
    Bjs,
    Bia
    www.biaviagemambiental.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Fiquei com água na boca e pensando no que fazer em casa para o jantar, neste frio danado!

    ResponderExcluir