15 de fev de 2012

Safáris em Zambia - em elefantes e de carro

O hotel Tongabezi não fica localizado dentro do parque nacional, mas recebe "visitas" de alguns animais. Já contei neste post aqui que cada cottage/house do hotel tem um Valet e uma das suas funções é acompanhar os hóspedes à noite caso algum hipopótamo apareça ... 


Visitantes super bem-vindos e em grande número eram os macacos vervet. No final da tarde ele lotavam as árvores e os caminhos do hotel. A ordem era não deixar o cottage aberto, pois uma vez que um macaco entra na sua casa ela nunca mais será a mesma ... sem falar nos objetos desaparecidos ...


Vejam que fofos! Muitas famílias. Impressionante como os pais protegem os filhos como nós! Ficavam abraçadinhos com os filhotes por conta de nossa presença.






O hotel incluía um game drive (como são chamados os safáris) no parque nacional. Já no caminho, na estrada, vimos um bando de elefantes. Eles pararam a estrada e ficamos uns 10min observando. Lindos!




Nesse parque nacional não existem felinos. Mas haviam muitos tipos de antílopes, como impalas (o Bambi), kudus (listras brancas pelo corpo), waterbucks (tem um círculo branco no bumbum e em volta do pescoço), além de zebras, gnus, javalis, girafas, elefantes, búfalos, macacos vervet, babuínos, crocodilos, hipos, etc. 


Esse foi nosso primeiro safári e na hora achamos bem emocionante. Depois na África do Sul fizemos safáris mais emocionantes, mas eles não tiraram o brilho do primeiro.





Agora, o safári montado em elefantes foi o máximo! De safári, na verdade, não teve nada (não demos sorte e só vimos macacos), mas a interação com os elefantes, montar num deles, passear e até entrar no Zambezi foi uma experiência incrível! Na chegada fomos recepcionados com café e chá e recebemos uma explicação sobre o lugar, os animais e o passeio. Os animais ficam na reserva particular soltos. Eles estão condicionados a dormir em determinado lugar, portanto, logo cedo (6h30!) os elefantes entretêm os visitantes e depois podem ficar soltos pela reserva. Ouvimos histórias interessantes, como a de uma elefanta que desapareceu por alguns anos e voltou assim que teve um filhote.  


Eramos oito pessoas no grupo e André sendo a única criança pode escolher primeiro em qual dos elefantes gostaria de montar. Após uma breve apresentação dos elefantes, André escolhe o que havia sido descrito como "free spirited", que mostrou-se apenas uma forma mais elegante de se referir a um elefante desobediente e faminto!! 


Devidamente acomodados no Madinda, nosso free-spirited elephant, iniciamos o passeio. Logo percebemos o espírito livre de Madinda. Ele saia da fila de elefantes e dava uma disparadinha pro lado para poder comer mais! E nós segurávamos super forte e chacoalhávamos feito loucos. E isso acontecia a cada dois minutos! Ao menos fizemos a alegria do nosso grupo que super se divertiu com as estripulias do Madinda.  Fomos até a beira do Zambezi, onde paramos para umas fotos. Depois seguimos pelo rio e ficamos com um medinho de que ele resolvesse afundar muito ... mas nada aconteceu ufa!





Na volta do passeio alimentamos os animais e pudemos ficar um tempão bem pertinho deles. Fofos! Então nos apresentaram um DVD do passeio para comprar. Mas, diferentemente do DVD do passeio de helicóptero, desta vez mostraram o filme todo e era super bem feito, com tomadas lindas e mostrando nosso grupo o tempo todo. Claro que fiquei US$ 40 mais pobre e comprei o DVD ...

Um comentário:

  1. Que emocionante ler seus relatos! E que linda a fotografia que vcs estão encima do elefante.
    Continuo viajendo em seus posts. Lindos!
    Bjinhos, Paula K.

    ResponderExcluir